Histórias e Objetos

 

A partir de 2017, o Núcleo Histórias e Objetos passou a assumir as produções do Núcleo de teatro Trecos e Cacarecos, formado por Lilian Guerra e Kelly Orasi em 1993.

Em seus vários anos de estrada e de palco, a principal motivação artística do Trecos e Cacarecos foi o público infantil em seu caráter crítico e espontâneo. Buscando uma história e uma estética desafiadora em cada espetáculo.

Essas características foram apontadas pela crítica em sua primeira montagem (1994), “Guerra dentro da Gente”, de Paulo Leminski, cujas temporadas e participações em várias mostras e festivais revelaram um grupo empenhado nas inovações estéticas e temáticas no teatro para infância e juventude.

Em seu primeiro espetáculo para o público adulto “Mulheres”, com direção de Sandra Vargas, do Grupo Sobrevento, o núcleo descobre e apaixona-se pela técnica do teatro de objetos. Ao participar do FITO – Festival Internacional de Teatro de Objetos o grupo decide seguir sua pesquisa no teatro de objetos com a montagem do espetáculo “Dom Quixote, o cavaleiro sonhador” premiado pela Revista Crescer como um dos melhores de 2011 e com duas pré indicações ao prêmio FEMSA nas categorias “melhor atriz” e “especial” (pela escolha e manipulação de objetos).

O Núcleo Histórias e Objetos foi fundado por Kelly Orasi, em 1998, com objetivo de aprofundar-se nas possibilidades estéticas do teatro narrativo e do teatro de objetos. Hoje, essa fusão é agregadora de muitas experiências e geradora de novos projetos, como o espetáculo “A Flor Amarela”.

 

Eis alguns parceiros deste Núcleo:

Lilian Guerra (atriz e diretora teatral)

Formada em Artes com especialização em Artes Cênicas. Atriz, produtora, diretora e coautora atuando em vários grupos de São Paulo entre eles, Trecos e Cacarecos, Sobrevento, Cia Pés Pequenos e Teatro por um Triz. Como arte educadora ministrou curso de extensão sobre teatro de animação na SP escola de Teatro, oficinas na Casa de Cultura Amácio Mazzaropi, cursos em unidades do SESC, escolas particulares e públicas.

 

Décio Gioielli (músico)

 

Músico percussionista da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo há 20 anos.

Fez seis viagens à África para estudar música tradicional Africana.

Gravou o CD Kalimba e em parceria com o Grupo Palavra Cantada o CD Meu Neném.

É autor do livro CD “A mbira da beira do rio Zambeze” publicado pela editora Salamandra.

Em 2010, foi convidado pela gravadora MCD a interpretar ao som de suas Kalimbas, composições da obra de Caetano Veloso para a série MPBaby.

http://www.deciogioielli.com.br/

Marcos Coin (músico)

 

Músico violinista profissional desde 1993, desenvolve sua pesquisa musical centrada nos ritmos brasileiros, rurais e urbanos.

Atuou durante seis anos no Teatro Ventoforte onde iniciou seus estudos sobre a música e a cena.

Nos últimos anos vem desenvolvendo projetos junto a várias companhias de teatro, entre elas Cia Trecos e Cacarecos, Cia do Tijolo e Grupo Trilhos Urbanos.

Atualmente integra o grupo de teatro Caixa de Fuxico e o grupo de choro Bola Preta

 

 

  • Facebook Social Icon